Meio ambiente Notícias

Empresas buscam compensar emissão de CO2

Para quase tudo o que o homem faz, emite gases de efeito estufa – principalmente o gás carbônico (CO2). Para amenizar esse problema, uma iniciativa que ganha força no Brasil é a compensação de carbono por meio do plantio de árvores. O Instituto Terra, somente nos últimos meses, promoveu a compensação de 13.105 toneladas de CO2 para entidades e empresas estabelecidas no país e também da Alemanha.

Foram iniciativas voluntárias de compensação para emissões produzidas em diferentes atividades – de realização de eventos, a produção de relatórios e de livros. A neutralização de CO2, neste caso, foi realizada na modalidade denominada de compensação florestal, onde é contabilizado o estoque de CO2 já seqüestrado pela floresta existente na RPPN Fazenda Bulcão, sede do Instituto Terra em Aimorés(MG), ou seja, o Instituto Terra recebeu pelo confisco de carbono que já efetua ao manter uma área reflorestada.

Confira abaixo quem compensou CO2 em parceria com o Instituto Terra nos últimos meses:

Editora Taschen – Compensação voluntária de todas as suas emissões (13t CO2-e)

Samarco – Compensação voluntária das emissões de produção do RAS dos anos de 2012 (13t CO2) e de 2013 (17t CO2), bem como da utilização de estande em evento (6t CO2)

SUCESU-MG – Compensação voluntária das emissões do evento Inforuso SUCESU 2013 (5t CO2)

WayCarbon – Compensação voluntária das emissões do inventário de CGH (32t CO2)

4º prêmio Hugo Werneck – Compensação voluntária das emissões pela realização do evento (32t CO2)

Obs.: 1t CO2 = 1 tonelada de Gás Carbônico

1t CO2-e = Mil toneladas de Gás Carbônico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Traduzir »