Notícias

Em parceria com Suzano, Instituto Terra recebe alunos de escola agrícola para visita

Uma das missões do Instituto Terra é replicar o conhecimento adquirido na recuperação de áreas degradadas de Mata Atlântica no Vale do Rio Doce. Neste sentido, 35 alunos da área rural da Escola Família Agrícola de Setúbal (Efaset), de Malacacheta-MG, participaram em outubro de 2019 de um curso intensivo sobre restauração ecossistêmica e implantação de viveiros de mudas nativas da Mata Atlântica na própria RPPN Fazenda Bulcão, sede da ONG ambiental em Aimorés-MG.

A criação de abelhas nativas sem ferrão (Meliponicultura), o uso de GPS e atividades de intercâmbio com alunos do Núcleo de Estudos em Restauração Ecossistêmica (Nere), do Instituto Terra, também fizeram parte das atividades. “O objetivo foi de enriquecer as atividades de educação socioambiental da EFaset, com conteúdos para serem replicados nas regiões de origem de cada um”, explica Andressa Catharina Mendes Cunha, orientadora Educacional do Nere.

A visita técnica foi resultado de uma parceria entre Instituto Terra e Suzano, para o projeto Nascentes do Mucuri. Participam das atividades junto com os alunos o diretor da Efaset, José Carlos Lopes Pereira, o coordenador Técnico Chanderson Ernani e os técnicos do Projeto Nascentes do Mucuri Ivan Pereira Nery e Adilana Alves Pinto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Traduzir »