DIGITE SEU EMAIL E RECEBA NOTÍCIAS
     
 
Aimorés, MG - Brasil | 12/12/2018 - Bom dia!  
   

Busca:

PROJETOS
CERA/Cursos
Autor: Instituto Terra - 30/09/2004

 

Centro de Educação e de Recuperação Ambiental – CERA

Para implementar os componentes de educação, cultura e pesquisa, em 19 de fevereiro de 2002 foi criado o Centro de Educação e Recuperação Ambiental (CERA). Sua missão é contribuir para o processo de recuperação ambiental e o desenvolvimento sustentável da Mata Atlântica, em especial na região da Bacia do Rio Doce.

Através do CERA as tecnologias desenvolvidas são difundidas, sendo estimulada uma reflexão sobre o atual modelo de desenvolvimento, visando potencializar a formação de agentes de transformação rumo ao desenvolvimento sustentável.

A estratégia do projeto é trabalhar o público que tenha importância acentuada para a recuperação e conservação ambiental local e regional, tais como: professores de escolas técnicas agrícolas e florestais; professores de escolas de ensino fundamental e médio; prefeitos, secretários de meio ambiente, lideranças políticas e, principalmente, os produtores rurais da região.

Sob a coordenação do CERA, o Instituto Terra já capacitou perto de 40 mil pessoas, oriundas de 167 municípios do Médio Rio Doce, entre os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, e também da Bahia e Rio de Janeiro.


Orientações do Programa Educacional

  • Ser eminentemente prático/vivencial;
  • Ter como enfoque estudos-de-caso;
  • Estar fundamentado em conceitos e princípios ecológicos, abrangendo uma concepção sistêmica e um entendimento dos ecossistemas;
  • Considerar e valorizar o saber e a cultura do público-alvo;
  • Compreender a realidade a partir de uma análise histórica da intervenção humana na natureza;
  • Considerar as necessidades, as demandas e as expectativas da população local;
  • Estabelecer a comunicação entre o saber científico e o popular;
  • Explicitar e desenvolver a consciência sobre a interdependência de pessoas e comunidades para a valorização da cidadania.


Estrutura dos Cursos

O CERA organiza eventos como reuniões técnicas, cursos, encontros e seminários, com duração variável, em períodos de 8 a 40 horas por módulo. O desenvolvimento em módulos visa a adaptar seu Programa Educacional às necessidades e interesses dos grupos locais

No ciclo introdutório dos eventos, são abordados conceitos temáticos. Nele é enfatizado o conhecimento sobre recuperação ambiental e manejo florestal, demonstrando a reversibilidade do processo de degradação da floresta Atlântica. A discussão também envolve alternativas sustentáveis de uso dos recursos naturais em propriedades rurais, ressaltando a importância da conservação da biodiversidade nas áreas de entorno.

Os eventos também enfocam a história da degradação da bacia do Rio Doce e da Mata Atlântica, com o objetivo de promover o entendimento dos processos das mudanças ambientais na região, da degradação do solo, das mudanças climáticas e dos ciclos hidrológicos.

Os treinamentos enfatizam a criação e o desenvolvimento de agentes locais de desenvolvimento sustentável, preparando-os para elaborar os projetos sócio-ambientais. Além disso, o programa sócio-ambiental promove o conhecimento da relação entre sustentabilidade dos recursos naturais e desenvolvimento sócio-econômico, enfatizando a relação entre degradação ambiental e social com vistas a entender a perda de fertilidade do solo, a diminuição da produção agrícola, a pobreza e a migração rural, dentre vários outros fatores.

Cine Teatro Terra

Atendendo a uma demanda da comunidade de Aimorés, o Instituto Terra mantém, desde agosto de 2004, o Cine Teatro Terra. Além da projeção de filmes e apresentação de peças teatrais, o Cine Teatro Terra é utilizado para realização de seminários, debates e oficinas. Anualmente, uma média de 4 mil pessoas, moradores de Aimorés e cidades vizinhas, se beneficiam das atividades culturais desenvolvidas pelo Instituto Terra’.

A construção do Cine Teatro Terra teve o apoio da Natura Cosméticos e do Fundo Nacional da Biodiversidade (FUNBIO). Andréa Gambeta, diretor Artístico da Bienal de Valencia, se empenhou para que o Governo de La Generalitat de Valencia, na Espanha, doasse o projetor de cinema. A UNESCO do Brasil se encarregou da importação do projetor e os equipamentos de iluminação e áudio foram doados por Marsha Garces Willians e Robin Willians.

Inaugurado em agosto de 2004, o Centro Avançado foi criado para proporcionar a formação pós-técnica, teórica e prática, de técnicos agrícolas, ambientais e florestais. O objetivo é se tornar referência na capacitação de profissionais que possam atuar na recuperação de áreas degradadas, na restauração e valoração ambiental, além de fazer uso sustentável dos recursos naturais e de técnicas alternativas à produção, administração e manejo financeiro de propriedades rurais.

A construção da residência dos alunos e a aquisição de equipamentos do Centro Avançado contaram com a colaboração da Philips do Brasil e da Fundação Florindon, na Suíça. E o estudo para a criação do currículo do curso foi financiado pela International Finance Corporation, do Banco do Brasil.

Funcionando em regime de internato, o curso Agro-ambiental de Nível Técnico abre 10 vagas a cada ano. Os alunos ficam hospedados nos alojamentos do Centro Avançado e recebem alimentação, roupas e uma ajuda de custo mensal. O curso tem duração de dois anos e dá direito a certificado.

O investimento na formação de técnicos agrícolas orientados para a conservação e recuperação ambiental de Mata Atlântica visa atingir um público muito específico: os agricultores da região do médio Rio Doce. É um dos meios que permite ao Instituto Terra replicar o conhecimento adquirido na recuperação da Mata Atlântica, incentivando um modelo de agricultura sustentável na região. Atualmente, o curso é mantido através do apoio do Governo das Astúrias, na Espanha.

Clique aqui para ver fotos da inauguração.

Mais informações sobre o Centro Avançado, clique aqui

Essa biblioteca é pública, tem como diferencial a gestão comunitária e conta com agentes estimuladores de leitura e atendimento com qualidade, que foram treinados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil/RJ.

A biblioteca comunitária recebeu o nome de Professor Antônio Tavares, uma homenagem da comunidade ao professor que deu grande contribuição à cultura e ao desenvolvimento intelectual dos cidadãos de Aimorés.


Núcleo Museológico de Arqueologia de Aimorés

Desde o mês de fevereiro de 2008 funciona na sede do Instituto Terra o Núcleo Museológico de Arqueologia de Aimorés, que tem a sua gestão compartilhada com a Prefeitura Municipal de Aimorés.

A implantação do Núcleo Museológico de Arqueologia é uma iniciativa que reconhece, valoriza e visa preservar a história da região. Representa uma oportunidade para a comunidade conhecer os hábitos do povo nos séculos passados, além de ser um grande incentivo ao turismo.

O Núcleo abriga os artefatos arqueológicos encontrados no município de Aimorés, no período que antecedeu à construção da Usina Hidrelétrica de Aimorés.

Pela primeira vez em Minas Gerais, um acervo arqueológico permanece no local em que foi encontrado. O habitual é que as peças sejam encaminhadas para o museu de arqueologia mais próximo.

A permanência em sua região de origem atende a um pleito das comunidades e só foi possível devido à construção de estruturas adequadas para garantir a integridade do acervo.

Ao lado do museu, funciona o Centro de Informação, com publicações técnicas e aberto à comunidade, além da lojinha do Instituto Terra.

“Campinho de Futebol”

O Instituto Terra, em parceria com a Prefeitura Municipal de Aimorés, mantém desde o ano de 2004, um “Campinho de Futebol” destinado às crianças e adolescentes moradores da rua que dá acesso ao Instituto Terra.

Esse local de lazer e esporte é mais um espaço de integração da comunidade aimoreense, especialmente de crianças e adolescentes.

Em datas específicas, o Instituto Terra juntamente com a Secretaria Municipal de Esportes, organiza torneios de futebol e premia os vencedores com troféus e medalhas, além de ganhar vários aliados na preservação e conservação do meio ambiente.

Clique aqui para Ver as fotos de inauguração do campinho de futebol.


Mais Informações

Entre em contato através do email cera@institutoterra.org

 

 
 


Todos os direitos reservados
www.institutoterra.org