DIGITE SEU EMAIL E RECEBA NOTÍCIAS
     
 
Aimorés, MG - Brasil | 13/12/2018  
   

Busca:

PARCEIROS
Novas Parcerias
Autor: Imprensa - 28/09/2004

 

Os projetos do Instituto Terra são quase sempre desenvolvidos ao lado de parceiros que também se preocupam com a devastação da Mata Atlântica e com as condições precárias de vida de suas comunidades. Governos, empresas e outras organizações estão sempre colaborando, financeiramente ou através de voluntários.
Se você possui uma idéia para o uso sustentável dos recursos da Mata Atlântica e gostaria de vê-la em ação, ou deseja tornar-se parceiro em alguns dos projetos do Instituto Terra, entre em contato conosco: iterra@institutoterra.org.

Uma parceria estabelecida com o Banco do Brasil está permitindo que os clientes dos cartões de crédito da instituição, independente da bandeira, agora possam fazer microdocações ao Instituto Terra, por meio do arredondamento para cima dos centavos da sua fatura mensal. A campanha Arredonde Sua Conta visa dotar o Instituto Terra de recursos para sua manutenção mensal, um dos grande desafios das ONGs, favorecendo o andamento das atividades propostas em sua missão, que demanda profissionais qualificados e recursos tecnológicos e administrativos.

Convênio estabelecido em junho de 2010 com a Companhia Espírito Santense de Saneamento – Cesan prevê a elaboração de Projeto Técnico de Recomposição da Flora (PTRF) e do Plano de Manejo da área contígua à futura Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Afonso Cláudio, prevista para abrigar a criação da RPPN da empresa. Será feita a recomposição florestal de 2,5 hectares da referida área, preferencialmente com espécies da Mata Atlântica. As ações devem ser concluídas até julho de 2014.

As ações com foco na sustentabilidade financeira do Instituto Terra contam, desde 2009, com o importante apoio da Fondation Lemarchand. A fundação francesa, que atua na promoção de ações que visem restabelecer o equilíbrio entre o homem e a natureza, destinou recursos que estão permitindo estruturar a Gerência de Desenvolvimento de Negócios Sustentáveis do Instituto Terra. A manutenção dos salários da equipe da gerência, a aquisição de equipamentos e mobiliário para o escritório, o desenvolvimento de ações de marketing e de produtos, bem como a viabilização de viagens com foco na captação de recursos estão entre as atividades efetivadas a partir desse apoio.

Convênio assinado com o Governo de Minas Gerais em abril de 2008, através do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e Instituto Mineiro de Gestão de Águas (Igam), permitiu ao Instituto Terra receber recursos do Fundo de Recuperação, Proteção e Desenvolvimento Sustentável das Bacias Hidrográficas do Estado de Minas Gerais (Fhidro) com o objetivo de promover a recuperação e ampliação de Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reservas Legais em sub-bacias da região do médio Rio Doce. Tem como prazo para sua realização março de 2011.

Desde 2007, o Instituto Terra desenvolve projeto de recuperação dos recursos naturais no âmbito da Bacia Hidrográfica do Rio Guandu, no Estado do Espírito Santo, multiplicando as ações de recuperação ambiental e florestal em propriedades rurais e promovendo atividades de educação e treinamento ambiental. Viabilizado por meio de edital do Fundo Nacional do Meio Ambiente - FNMA, o projeto prevê ações até maio de 2011 e está sendo desenvolvido em colaboração com os municípios de Baixo Guandu, Laranja da Terra, Afonso Cláudio e Brejetuba, no Estado do Espírito Santo.

O conhecimento adquirido pelo Instituto Terra na recuperação de áreas degradadas de Mata Atlântica tem sido valorizado pelo Governo do Estado do Espírito Santo através do estabelecido de importantes parcerias ao longo dos últimos anos. Atualmente estão em curso dois projetos que beneficiam a revitalização do Vale do Rio Doce pelo lado capixaba. Um deles é o que atende ao primeiro edital lançado pelo Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fundágua) do Governo capixaba, que envolve ações para a recuperação da microbacia do córrego Santa Rosa, na bacia do Rio Guandu. A segunda iniciativa prevê a elaboração dos estudos de Zoneamento Físico-Ambiental de 110 pequenas propriedades rurais encaminhadas pelo Iema, visando a promoção de práticas sustentáveis de uso do solo e consequente revitalização e conservação dos recursos hídricos.

Importante parceiro do Instituto Terra, o Governo do Principado das Asturias, da Espanha, apoia, anualmente, desde ações na esfera da recuperação ambiental, bem como de cunho educacional. Através de diferentes convênios, atualmente destina recursos para a manutenção do Centro Avançado para Educação e Recuperação Ambiental, bem como para a manutenção de áreas recuperadas com espécies de Mata Atlântica dentro da RPPN Fazenda Bulcão.

Com o apoio do Governo da Regione da Emilia-Romagna e a parceria da Legambiente – uma das mais importantes associações ambientais da Itália, o Instituto Terra está desenvolvendo o projeto Casa do Mel, que objetiva fomentar a atividade da Apicultura na região do Vale do Rio Doce. Com ações previstas para serem realizadas até novembro de 2010, o projeto visa contribuir para o aumento de renda dos agricultores familiares e, ao mesmo tempo, promover a conservação e recuperação florestal em sua área de abrangência.

O Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais – IEF/MG é parceiro do Instituto Terra desde sua fundação e vem somando esforços em diferentes frentes de ação em favor da recuperação da Bacia Hidrográfica do Rio Doce. O mais recente convênio, estabelecido em agosto de 2007 e renovado em julho de 2009, é o “Projeto Piloto de Recuperação florestal de Áreas Degradadas da Região do Médio Rio Doce, Minas Gerais, Brasil". Visa qualificar quantitativamente as atividades e ações de proteção, recomposição e uso sustentável dos recursos florestais e ambientais na região. O prazo de realização vai até agosto de 2011.

Parceria firmada com a Illycaffè em 2008 está permitindo ao Instituto Terra desenvolver um modelo de recuperação e manutenção florestal para as Áreas de Proteção Permanente e Reservas Legais de propriedades rurais pertencentes aos fornecedores da empresa no Brasil. As ações estão sendo efetivadas em Alta Mogiana e Baixa Mogiana, no Estado de São Paulo, e também em Minas Gerais, no Sul do Estado e na Zona da Mata Mineira. O projeto prevê ações até dezembro de 2012.

O Instituto Terra assinou, em abril de 2009, termo de cooperação com o Ministério Público do Estado do Espírito Santo – MPES que prevê o desenvolvimento de um programa educacional que permita aos cidadãos infratores ambientais encaminhados pela justiça receber noções de educação ambiental. O termo vigente também prevê o desenvolvimento de um programa de recuperação ambiental, sob a gestão técnica do Instituto Terra, com o fornecimento de mudas nativas da Mata Atlântica e a execução das atividades de implantação e manutenção de áreas estabelecidas pelo programa.

Parceira do Instituto Terra desde sua fundação, a Prefeitura Municipal de Aimorés participa diretamente do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável do Município – Projeto Aimorés. O projeto está sendo desenvolvido desde 2001 e envolve ações de melhoria social e desenvolvimento econômico para o município, com resultados e perspectivas de curto prazo e foco na educação da comunidade local para a recuperação ambiental. Dentro desse escopo, o Instituto Terra e a Prefeitura de Aimorés estabeleceram em julho de 2009 mais um convênio de extensão rural, desta vez voltado à implementação de políticas para o setor rural que contribua para o desenvolvimento econômico, social e ambiental do Município de Aimorés e aproveitamento adequado das potencialidades de modo a buscar a alto-suficiência na produção de alimentos e geração de emprego e renda. Estabelecido em julho de 2009, esse novo convênio tem sua conclusão prevista para dezembro de 2012.

Uma das mais recentes parcerias estabelecidas com o Instituto Terra pela Samarco Mineração está ajudando a promover a recuperação florestal de uma área de 233 hectares, no entorno da Bacia do Rio Doce, entre os Estados do Espírito Santo e Minas Gerais, com espécies nativas do bioma Mata Atlântica. O processo de recuperação foi iniciado em julho de 2008 e envolve o fornecimento de mudas, plantio e manutenção da área até março de 2011.

O Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais – Sebrae-MG é parceiro do Instituto Terra desde 2001, participando desde então do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável do Município de Aimorés – Projeto Aimorés, fornecendo a assessoria técnica direta aos produtores rurais atendidos pelo projeto. Desde 2009, nova parceria foi estabelecida, dentro do projeto Casa do Mel, que visa desenvolver a apicultura como atividade agrosustentável no Vale do Rio Doce.

Parceira do Instituto Terra desde a sua fundação, a Fundação SOS Mata Atlântica, em conjunto com a Conservation International do Brasil, foi responsável pela doação, através da Aliança para Conservação da Mata Atlântica, do primeiro viveiro de espécies nativas estabelecido na RPPN Fazenda Bulcão, em 2001. Em 2009, através do Programa de Incentivo às RPPNs da Mata Atlântica - uma ação conjunta entre Fundação SOS Mata Atlântica, Conservação Internacional e The Nature Conservancy – o Instituto Terra foi contemplado com recursos para elaborar o Plano de Manejo da RPPN Fazenda Bulcão – projeto que está em curso, com ações previstas para serem realizadas até agosto de 2010.

Também uma das empresas parceiras do Instituto Terra desde sua fundação, quando doou mudas para o primeiro plantio na RPPN Fazenda Bulcão, a Vale estabeleceu nova parceria em 2009, permitindo a expansão dos principais programas de educação ambiental no ensino formal – Meio Ambiente na Educação e Terrinhas. A recente parceria também viabilizou a ampliação do refeitório e da área de alojamento do Instituto Terra, permitindo ampliar o número de pesquisadores e estudantes recebidos a cada ano na instituição. Dentro desse convênio, estão previstas ações até dezembro de 2010.

 

 
 


Todos os direitos reservados
www.institutoterra.org