DIGITE SEU EMAIL E RECEBA NOTÍCIAS
     
 
Aimorés, MG - Brasil | 13/12/2018  
   

Busca:

CONVÊNIOS
Instituto Terra assina convênio com a Prefeitura de Colatina para proteção da Reserva Ecol
Autor: Imprensa - 21/10/2010

 

O Instituto Terra assinou convênio com a Prefeitura Municipal de Colatina e o Serviço Colatinense de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental (Sanear) para a execução de ações que promovam a proteção ecossistêmica da Reserva Ecológica de Itapina, no Distrito de Itapina, em Colatina (ES).

Neste sentido, o Instituto Terra vai realizar o cercamento de uma área de 5 mil metros lineares e construir aceiros abrangendo 25 mil metros quadrados ao redor da Reserva.

Essas ações têm como objetivo final favorecer o aumento da biodiversidade, restabelecer as funções ecossistêmicas e aprimorar as condições do solo, tais como a manutenção da umidade, matéria orgânica, regeneração natural, entre outras. O convênio envolve recursos da ordem de R$ 130 mil e será executado até agosto de 2011.

Proteção favorece reflorestamento

Vale ressaltar que as ações de proteção ecossistêmica da Reserva Ecológica de Itapina complementam o projeto de reflorestamento que o Instituto Terra vai efetivar na área a partir deste ano, com recursos aprovados pelo Programa Iniciativa BNDES Mata Atlântica, lançado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Além do reflorestamento da Reserva de Itapina, o montante de R$ 2,5 milhões liberados pelo BNDES serão destinados ainda para o enriquecimento de uma área de 55 hectares de mata cilicar na RPPN Fazenda Bulcão, sede do Instituto Terra em Aimorés-MG, e também para colocar em funcionamento o Laboratório de Sementes, um núcleo de pesquisas associado ao Viveiro da instituição para permitir a seleção de espécies mais resistentes e favoráveis à atividade de reflorestamento em áreas degradadas.

Para a Reserva de Itapina (Colatina-ES), o projeto aprovado pelo BNDES prevê o preparo do solo, produção de mudas, plantio e manutenção da área até o completo estabelecimento das plantas. O reflorestamento é de grande interesse ecológico para a região de Colatina, pois a localidade abriga a nascente do córrego que abastece a população do distrito de Itapina. Além disso, a maior parte de sua área está desmatada e coberta por uma espécie de capim que dificulta a regeneração natural.

 

 
 


Todos os direitos reservados
www.institutoterra.org