DIGITE SEU EMAIL E RECEBA NOTÍCIAS
     
 
Aimorés, MG - Brasil | 12/12/2018 - Bom dia!  
   

Busca:

PROJETOS
Novas ações para a preservação de nascentes na Bacia do Rio Guandu
Autor: Comunicação - 21/12/2012
Notícias Notícias

 

Com 26 produtores mobilizados e 17 nascentes da bacia hidrográfica do Rio Guandu cadastradas para proteção, o Instituto Terra conclui uma importante etapa do projeto Doces Nascentes Capixabas II, dentro do programa Olhos D’Água. Sendo assim, cada uma dessas propriedades atendidas conta agora com uma análise detalhada do atual uso e ocupação solo, bem como dos passos necessários para promover a proteção dos seus mananciais.

Focado em afluentes da bacia localizados dentro do município de Baixo Guandu, no Espírito Santo, o projeto está sendo realizado desde agosto de 2011 com o apoio da Energest e do Instituto EDP Energias do Brasil. Também são parceiros nas ações o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do ES (Idaf), Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Baixo Guandu (Semam) e Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

Cada produtor envolvido assinou um termo de compromisso, assumindo a responsabilidade pelo fornecimento da mão-de-obra para o cercamento das nascentes, enquanto os insumos são fornecidos pelo projeto. Os produtores também vão receber, ainda neste mês de dezembro, mudas nativas para efetivar o plantio no entorno das nascentes, restabelecendo as matas ciliares.

Para medir o ganho efetivo em termos de qualidade e quantidade (vazão) dos recursos hídricos na área do projeto, técnicos do Instituto Terra e da SAAE já promoveram a coleta de água para efetivar a análise físico-química de cinco das 17 nascentes cadastradas. Uma nova coleta será feita em outubro de 2013, para efeito de comparação, permitindo determinar concretamente os benefícios da preservação.

E o Instituto Terra, também como o apoio do Instituto EDP, já se mobiliza para ampliar as ações de recuperação dos ecossistemas naturais associados às nascentes da bacia hidrográfica do Rio Guandu a partir de 2013. Serão mais 50 olhos d’água a serem protegidos, envolvendo a mobilização de mais 50 produtores rurais no município de Baixo Guandu, num período de dois anos.

 

 
 


Todos os direitos reservados
www.institutoterra.org