DIGITE SEU EMAIL E RECEBA NOTÍCIAS
     
 
Aimorés, MG - Brasil | 12/12/2018 - Bom dia!  
   

Busca:

CURSOS
Instituto Terra abre inscrições para curso que capacita técnicos agrícolas.
Autor: Imprensa - 17/11/2010

 

Instituto Terra abre inscrições para curso que capacita técnicos agrícolas em desenvolvimento rural sustentável 

Curso é um dos meios que permite ao Instituto Terra promover práticas sustentáveis de uso do solo entre pequenos agricultores do Vale do Rio Doce.


Instituto Terra está com inscrições abertas para a sétima turma do seu Curso Agro-ambiental de Nível Pós-Técnico. Voltado para técnicos agrícolas, florestais e ambientais recém-formados, o curso objetiva fornecer uma especialização pós-técnica em recuperação de áreas degradadas e em desenvolvimento rural sustentável, transformando técnicos agrícolas em Agentes de Desenvolvimento Rural Sustentável.

Os candidatos são alunos pré-selecionados pelas instituições de ensino e encaminhados para um dia de visita e atividades de seleção na RPPN Fazenda Bulcão, sede do Instituto Terra – que neste ano está agendado para o dia 13 de dezembro.

Mantido com o apoio do Governo do Principado das Astúrias, da Espanha, o curso funciona em regime de internato, nas dependências do Centro Avançado para Recuperação de Áreas Degradadas e Desenvolvimento Rural Sustentável, na sede do Instituto Terra, em Aimorés (MG).

São abertas dez vagas anualmente e os candidatos são oriundos, em sua maioria, das escolas agrotécnicas, institutos federais e Família Agrícola dos Estados do Espírito Santo e Minas Gerais. Porém, diante do sucesso da formação pós-técnica, o Instituto Terra tem recebido candidatos também de Estados vizinhos.

Durante o perído de formação, que a partir de 2011 envolverá um ano de atividades, os alunos ficam hospedados nos alojamentos do Centro Avançado e recebem alimentação, uniformes, seguro de vida e uma ajuda de custo mensal. O curso dá direito a certificado.

O investimento do Instituto Terra na formação de técnicos agrícolas orientados para a conservação e recuperação ambiental de Mata Atlântica visa atingir um público muito específico: os agricultores da região do Vale Rio Doce, nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo. “É um dos meios que permite ao Instituto Terra replicar o conhecimento adquirido na recuperação da Mata Atlântica, incentivando um modelo de agricultura sustentável na região”, explica Carlos José Lessa da Cunha, biólogo e coordenador do Curso.

O nível dos profissionais formados tem sido reconhecido por Governos e empresas. Hoje, a maioria dos 40 técnicos capacitados estão atuando na área de formação, sendo que 18 deles foram contratados para atuar em projetos de revitalização de recursos hídricos e recuperação de florestas desenvolvidos pelo Instituto Terra em parceria com órgãos da área de Meio Ambiente dos Governos do Espírito Santo e Minas Gerais (IEMA-ES e IEF-MG). Os técnicos trabalham diretamente na assessoria a pequenos produtores rurais para adoção de práticas agroecológicas de produção e recuperação ambiental.


Como funciona o Curso Agro-ambiental de Nível Pós-Técnico

O currículo inclui formação teórica e prática nas seguintes áreas: recuperação de áreas degradadas; restauração ambiental; uso sustentável dos recursos naturais; valoração ambiental e técnicas alternativas à produção e administração de propriedades rurais.

Durante o curso, os alunos têm a oportunidade de participar de experiências de campo, acompanhando as atividades de recuperação de área degradada na Fazenda Bulcão - viveiro de espécies nativas de Mata Atlântica, jardim, plantio, tratos culturais, entre outros. Cada técnica é demonstrada e comentada detalhadamente pelos professores e coordenador. Dessa forma, em pouco tempo o estudante adquire uma visão geral de todos os estágios de uma recuperação ambiental – desde a coleta de sementes, semeadura, formação das mudas até o trato das árvores adultas.

Os trabalhos práticos acontecem de acordo com a época do ano e correspondem a 67% das atividades previstas pelo Curso. Os 33% de carga horária restantes são dedicados à parte teórica e também pesquisa individual ou em pequenos grupos.

Além das atividades na RPPN Fazenda Bulcão, os alunos são preparados para elaborar, implantar, acompanhar, avaliar e prestar contas de projetos na área ambiental e desenvolvimento rural sustentável. Para isso, acompanham as atividades do Instituto Terra com seus parceiros, prefeituras, órgãos governamentais, não-governamentais e, sobretudo, junto aos produtores rurais da região. O processo de formação finaliza com um estágio supervisionado do aluno.

 

 
 


Todos os direitos reservados
www.institutoterra.org