DIGITE SEU EMAIL E RECEBA NOTÍCIAS
     
 
Aimorés, MG - Brasil | 12/12/2018 - Bom dia!  
   

Busca:

MEIO AMBIENTE
Instituto Terra apresenta sua experiência na recuperação de solo e água durante workshop.
Autor: Imprensa - 18/02/2009

 

Instituto Terra apresenta sua experiência na recuperação de solo e água durante workshop em Minas Gerais

Com foco na recuperação do Rio Doce, evento promovido pela Univale discute de forma pioneira no Brasil o significado cultural da água e sua relação entre comunidades, território e rios

A experiência do Instituto Terra na recuperação de áreas degradadas de Mata Atlântica e as ações de educação ambiental promovidas visando o desenvolvimento sustentável da região do Médio Rio Doce serão apresentadas nesta quarta-feira, dia 18 de fevereiro, no workshop “Água, Diversidade Cultural e Território”, realizado pela Universidade Vale do Rio Doce (Univale) em Governador Valadares.

O evento, que começa nesta terça-feira, dia 17, reúne pesquisadores, professores, estudantes, movimentos sociais, técnicos, gestores públicos, representantes de empresas para discutir e ampliar a percepção dos vários valores e significados das águas, sobretudo dos rios, para a gestão do território.

“Na palestra `Instituto Terra: busca de um caminho para o Rio Doce´ vamos relatar os principais problemas regionais envolvidos com o uso do solo e da água na região e nossa experiência prática na busca de soluções, demonstrando nossa ação através da educação e recuperação de áreas degradadas”, explica Jaeder Lopes Vieira, gerente Ambiental do Instituto Terra e palestrante no evento.

O workshop “Água, Diversidade Cultural e Território” foi estruturado tendo como referência o programa da UNESCO Água e Diversidade Cultural, lançado na Austrália em 2007, durante o 10º Seminário Internacional sobre os Rios. O principal objetivo deste programa internacional é valorizar e incorporar o conhecimento e a cultura das comunidades locais sobre o uso sustentável e significado cultural das águas em projetos governamentais e da iniciativa privada.

Além do representante do Instituto Terra, o evento contará com a participação de especialistas das áreas de recursos hídricos, história, antropologia, arqueologia, literatura, economia, arquitetura, ciências biológicas e direito de diferentes instituições como UFMG, UNIVALE, UFES, Agência Nacional de Águas - ANA, bem como de várias lideranças regionais envolvidas com a temática.

“A água está diretamente relacionada com diversidade cultural, no presente e na história: rituais, sistemas de produção, expressões artísticas, biodiversidade, modos de viver e organizar a vida social. Não é uma relação simples”, esclarece o professor Haruf Salmen, coordenador do Núcleo de Estudos de História e do Território da UNIVALE e organizador do workshop.

O consultor ambiental Cláudio Guerra, também organizador do workshop e participante do lançamento do programa da UNESCO “Água e Diversidade Cultural”, na Austrália, reforça esta idéia. “Os rios são testemunhas silenciosas da história dos homens e têm sido fundamentais na experiência humana. Eles abrangem uma interação dinâmica em seu território entre terra, gente, trabalho, desenvolvimento, memória, fé, cultura e poder. Eles contribuem para a construção de uma identidade regional, rica de significados e valores. Assim, o rio não é apenas um elemento físico, ele é um elo de integração social e cultural”, afirma.

O workshop é uma iniciativa do Núcleo de Estudos de História e do Território da UNIVALE em associação com a UFMG e conta com o apoio da FAPEMIG. Mais informações sobre o evento estão disponíveis no site www.univale.br, bem como as inscrições, que podem ser feitas gratuitamente.

 

 
 


Todos os direitos reservados
www.institutoterra.org